Teus olhos são ondas revoltosas em que eu tenho vontade de nadar.

— Cecília Martins


Eu sou perita no quesito: “cair e levantar”. Já cai tantas vezes, meu amor… Já perdi tantas lágrimas, tantos sorrisos, tantas horas. Já perdi coisas demais pra uma vida que passa correndo! Já tentei mudar também, mas o errado me prende. Já tentei ser preto no branco, azedo no doce, e ser uma contradição ambulante. Sabe o que eu ganhei com isso? Talvez tudo, talvez nada. Sei lá, é só isso. Perguntas sem respostas e uma vida resumida em “talvez”.

— Cecília Martins


“Não importa o quanto você tente evitar… Pedras aparecerão no teu percurso. E você precisará pulá-las. Vamos, não desista, você é capaz! Mostre que você não para por pouco. Corra! Vá atrás dos teus sonhos. Sorria! Mostre pra quem quer tuas lágrimas um belo sorriso. Aliás, o melhor que tu tem. Ignore! Uma hora passa. Seja você mesmo, e não desista. Tudo melhora.”
~ Cecília Martins.

E eu voltei… Voltei a ser o que era antes. Amargura, e complicada de se entender. Os sentimentos voltaram, o passado voltou e às pessoas que tinham ido, também voltaram. Por quê tudo voltou? Assim, tão de repente? Quando eu queria que voltassem, a cada dia ficavam mais distantes. E agora que eu tinha aprendido a amenizar a dor, elas reaparecem, me fazendo sorrir em meio de lágrimas. Não sei o que se passa de mim… Tudo está tão bagunçado. O amor está no lugar do esquecimento, o esquecimento no lugar do afeto, e o afeto no lugar do desprezo. Talvez precisasse de uma “faxina” por dentro. Reorganizar as coisas. Talvez assim, eu soubesse o que se passa, e o que se passou, dentro de mim mesma.

Vende-dores


“Aonde fica a saída?”, Perguntou Alice ao gato que ria.
”Depende”, respondeu o gato.
”De quê?”, replicou Alice;
”Depende de para onde você quer ir…”
~ Alice no País das Maravilhas (via trecho-de-livros)

“Devia ser sábado, passava da meia-noite.
Ele sorriu para mim. E perguntou:
- Você vai para a Liberdade?
- Não, eu vou para o Paraíso.
Ele sentou-se ao meu lado. E disse:
- Então eu vou com você.”
~ Caio Fernando Abreu (via flor-de-papel)

“Dias ruins virão também, e o céu não vai desabar.”
~ Capital Inicial (via apetitemusical)

“Nem sempre um ama mais que o outro. Quando duas pessoas foram realmente feitas uma para a outra, elas amam igualmente. De modos diferentes, mas, ainda assim, na mesma proporção.”
~ Os Imortais, Estrela da Noite (via sociedadedospoetasmortos)

“Segue o teu destino…
Rega as tuas plantas;
Ama as tuas rosas.
O resto é a sombra
de árvores alheias.”
~ (Fernando Pessoa)

“- Então Charlie Brown, o que é amor pra você?
- Em 1987 meu pai tinha um carro azul.
- Mas o que isso tem a ver com amor?
- Bom, acontece que todos os dias ele dava carona pra uma moça. Ele saía do carro, abria a porta pra ela, quando ela entrava ele fechava a porta, dava a volta pelo carro e quando ele ia abrir a porta pra entrar, ela apertava a tranca. Ela ficava fazendo caretas e os dois morriam de rir… acho que isso é amor.”